segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Just cause you feel it doesn't mean it's there.



- Como é ser assim?
- Assim como?
- Você sabe, assim... Do seu jeito.
- Que jeito?
- Não sei, você é tão diferente.
- Diferente do que?
- Das pessoas normais.
- Normais ou iguais?
- Normais ou iguais tanto faz, você me confunde. E então, como é ser você?
- Normal, pra mim.
- O que você sente?
- Fome, frio, essas coisas que todo mundo sente.
- Não isso, me referia a sentimentos abstratos.
- Acho que não sinto.
- Como?
- Esses sentimentos que você imagina que existe não são reais. Você pode senti-los?
- Claro que sim, você pode ficar feliz, por exemplo.
- Não sentir desse jeito, sentir como se você pudesse pegar, apertar, como se fosse concreto.
- Mas nem tudo precisa ser concreto pra existir, assim como nem tudo que se sente é real.
- E como é ser assim?
- Assim como?
- Você sabe, assim... Do seu jeito.
- Que jeito?
- Não sei, você é tão diferente.
- Diferente do que?
- Das pessoas normais.

Alethéia Skowronski.

Um comentário:

  1. Incrível, achei mt fofo mesmo *-*
    http://www.mulherzinhamodeon.com

    ResponderExcluir

ShareThis